• Olá, seja bem-vindo(a) ao portal digital do Conjunto Nacional.

Carnaval Nacional

O carnaval é uma época de diversão e alegria, mas também de consumo exagerado. O feriado, as viagens e as festas acabam representando um gasto maior de combustível, de eletricidade, de fantasias, de bebidas.

Na quarta-feira de cinzas, tudo isso deixa um monte de resíduos e uma conta ambiental a ser paga pelo planeta. Diante disso, o Conjunto Nacional realiza obras confeccionadas com materiais recicláveis para chamar a atenção da população. É importante que todos aproveitem o carnaval sem descuidar da consciência ambiental e social.

Máscaras

Para comemorar o carnaval do Conjunto Nacional foram confeccionadas máscaras com material reciclado: além de enfeitarem a famosa fachada do prédio, levaram o espírito do carnaval para todas as pessoas que passavam pela avenida mais importante de São Paulo.

  • Natal Nacional 2007
  • Natal Nacional 2008

70 quilos de resina;
400 Cds
120 metros de telas plásticas;
150 metros de barras de ferro;
7 quilos de lantejoulas
500 garrafas pet, de 250ml
70 metros de cordas diversas usadas para acabamento
Sobras de plástico bolha e telas de construção

Máscara Fashion

40 pets, de 2 litros
300 facas descartáveis

Máscara Primavera

500 flores feitas a partir de garrafas pet, de 600ml

Máscara Marinha

2.000 latas de água tônica

Máscara Over

2.000 tampas de garrafas pet

Máscara Ying Yang

600 latas de alumínio

Máscara Africana

Retalho de tecidos
110 garrafas pet, de 250ml
70 cds

Esculturas

O Conjunto Nacional faz uma homenagem ao Carnaval e cria esculturas que representam um casal de mestre-sala e porta-bandeira de uma escola de samba.

As obras, criadas pelo cenógrafo e Diretor de Arte Silvio Galvão, têm 3 metros de altura, e pesam cerca de 150 quilos. Para a realização das esculturas, foram feitos estudos e pesquisas de materiais para atingir o efeito ‘hiper-realista’ das peças. O projeto, executado em 20 dias, gerou trabalho para cerca de 50 pessoas.

As roupas, bordados e adereços, feitos com materiais reciclados e reutilizados, foram executados pela Cooperaacs (Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva) sob orientação do Mestre Artesão Sandro Rodrigues.

Buscando incentivar o envolvimento das pessoas que todos os dias transitam pela Avenida Paulista, entre 12/11/10 e 12/01/11, o edifício realizou uma campanha de arrecadação de pequenos objetos, como canetas, chaves e bijuterias, que foram utilizados para a confecção das esculturas.


Materiais Utilizados

Mãos e rosto: acabamento em resinas diversas
Corpo: técnica de empapelamento
Pluma preta: 800 garrafas pet
Babado da saia: 1.200 garrafas pet
Pena de rabo de galo: 3.000 garrafas pet
Adereços: chave, faca e metais diversos
Bordado das roupas: 250 CDs, 600 canetas, 400 fundos de latas de alumínio e 2.300 lacres de latas de alumínio


Lugares onde a obra ficou exposta

2011
• Condomínio Conjunto Nacional (30/1 a 9/4)
• Metrô de São Paulo, na estação Tatuapé (4 a 30/6)

Criação e Direção de Arte: Silvio Galvão
Mestre artesão: Sandro Rodrigues
Execução: Cooperaacs

WordPress Lightbox